NOTÍCIAS


Energisa está proibida de cortar fornecimento sem antes facilitar pagamento ao consumidor

O governador Mauro Mendes (União Brasil) sancionou uma lei que estabelece que as concessionárias de serviços públicos relacionados à água e energia elétrica deverão oferecer a opção de pagamento por cartão de débito e crédito antes de suspenderem o serviço fornecido aos consumidores.

A Lei n° 12.035, sancionada em 24 de março de 2023, é de autoria do deputado Wilson Santos (PSD).

De acordo com a nova legislação, as empresas concessionárias deverão oferecer a possibilidade de quitar débitos pendentes antes da suspensão do serviço, e a opção de pagamento deverá ser oferecida no mesmo dia e em momento anterior à suspensão.

A máquina do cartão será de porte obrigatório dos agentes concessionários que efetuam as suspensões de fornecimento.

Além disso, o pagamento do débito impossibilitará a suspensão do fornecimento do serviço e, caso o agente concessionário esteja desprovido da máquina de cartão no momento da suspensão, ela não poderá ser realizada. No entanto, se o consumidor não for encontrado no momento do desligamento, a suspensão do serviço fica autorizada.

A Lei também prevê que o Poder Executivo poderá regulamentar a aplicação da nova legislação, que entrará em vigor 120 dias após a data de sua publicação.

 

 

Repórter | Estadão Mato Grosso

 



26/03/2023 – Primeira Capital FM

COMPARTILHE

SEGUE A @@PRIMEIRACAPITALFM

(65) 98124-7864

radioprimeiracapitalfm@gmail.com
Vila Bela da Santissima Trindade-MT
Rua Conde Azambuja, 859

NO AR:
A VOZ DO BRASIL - PRIMEIRA CAPITAL FM