NOTÍCIAS


Mauro quer parceria para consolidar acesso de MT a países da América Latina

O governador Mauro Mendes (União Brasil) afirmou, nesta terça  (04), que quer uma integração mais forte de Mato Grosso com países que compõe a América Latina. Segundo o chefe do Executivo estadual, a demanda deve ser levada até o presidente da República Lula (PT) a fim de viabilizar o acesso de Vila Bela da Santíssima Trindade à Bolívia, ação que deve dar novas alternativas para exportações aos portos que tem acesso ao Oceano Pacífico.

“Na primeira oportunidade que tiver com o presidente Lula, vamos pautar esse assunto. Vou pedir uma atenção especial para com o presidente boliviano [Luis Arce], criar as condições para que haja essa integração em definitivo da América Latina: com Peru, Bolívia e Chile. Partido aqui por Mato Grosso e chegando até os portos e [consequentemente] alcançando importantes regiões”, pontuou, durante agenda cumprida em Cáceres.

Mauro ponderou que o acesso de Cáceres a San Mathias, cidade boliviana, é importante, mas que uma nova rota por Vila Bela também deve ser projetada, sendo que o Governo do Estado garantiria pelo menos os 40 km iniciais. Para ele, é necessário articulação do Governo Federal para que o país vizinho também construa o acesso e assim, unir os novos trechos.

“Nós já temos o asfalto aqui por Cáceres, até a cidade vizinha aqui e podemos fazer agora uma outra ligação, por Vila Bela até San Mathias. Seguramente, nós vamos fazer o projeto e, no primeiro momento, vamos fazer pelo menos 40 km, que liga até a fronteira. Do lado de lá, é uma boa conversa para termos com o Governo Federal e com o presidente Lula, para que a gente tenha o tão sonhado acesso para o Pacífico pelo asfalto com a Bolívia”, disse.

No ano de 1825, quando a Bolívia se fez República, o país possuía uma costa de 400 km sobre o Oceano Pacífico, mas a invasão do Chile, sob influência do Império Britânico, retirou sua saída para o mar e impediu sua exportação de minério.

Conforme o acordo de paz selado entre os dois países, hoje a Bolívia tem permissão de usar a rota para o mar somente com vantagens alfandegárias e o livre trânsito para os produtos, no entanto, não tem direito sobre o território.

 

 

Mayke Toscano/Secom-MT




05/04/2023 – Primeira Capital FM

COMPARTILHE

SEGUE A @@PRIMEIRACAPITALFM

(65) 98124-7864

radioprimeiracapitalfm@gmail.com
Vila Bela da Santissima Trindade-MT
Rua Conde Azambuja, 859

NO AR:
A VOZ DO BRASIL - PRIMEIRA CAPITAL FM