NOTÍCIAS


Projeto de Cattani que obriga Energísa a prestar atendimento na zona rural em 24H é aprovado na ALMT

O projeto de lei que obriga a concessionária de energia elétrica Energísa a prestar atendimento em no máximo 24 horas em propriedades nas zonas rurais de Mato Grosso, de autoria do deputado estadual Gilberto Cattani (PL), foi aprovado em segunda votação em sessão da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (11).

A proposta apresentada por Cattani determina que funcionários da Energísa estejam presentes para realizar reparos e manutenção em até 24 horas, em propriedades rurais de todo o Estado, onde existem pelo menos 300 unidades consumidoras ativas.

A medida, segundo Cattani, serve para proteger o cidadão que vive no campo e principalmente os pequenos produtores rurais que dependem da energia elétrica para manter a sua produção.

“Muitas reclamações chegaram ao meu gabinete, sobretudo nas áreas rurais, no que diz respeito à falta de energia elétrica, que duram dois dias, chegando à sete dias, a depender do que aconteceu. Imaginem só um leiteiro, que precisa acondicionar em ambiente refrigerado, seu produto, sob pena de perdimento total. São diversos os casos”, explicou o deputado.

Lido em plenário em fevereiro deste ano, o projeto recebeu o parecer favorável da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte em março e foi aprovado por unanimidade em primeira votação em plenário durante sessão no mês de abril.

Com o parecer favorável da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte e da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, o projeto agora vai à sanção do governador Mauro Mendes (União).




11/10/2023 – Primeira Capital FM

COMPARTILHE

SEGUE A @@PRIMEIRACAPITALFM

(65) 98124-7864

radioprimeiracapitalfm@gmail.com
Vila Bela da Santissima Trindade-MT
Rua Conde Azambuja, 859

NO AR:
RARIDADE - PRIMEIRA CAPITAL FM